• Linha_Praia do Curral_Home 2

Naufrágios em Ilhabela

  • foto-general-ilha-bela

Sempre procurada por mergulhadores, seja para caça ou para um mergulho autônomo, o arquipélago de Ilhabela propicia um dos melhores points para o mergulho. Pode-se visitar os destroços de vários em sua costa.
Grande variedade de peixes, tartarugas e com sorte até golfinhos e baleias podem ser vistos na região.
Ilhabela conta com operadoras de mergulho que oferecem cursos para iniciantes e saídas com guias especializados.
Ladeada por rochas pontiagudas e lajes, com ventos fortes, densos nevoeiros e a formação de ondas enormes, Ilhabela sempre foi uma armadilha para os barcos que tinham rotas próximas à sua costa e seus precários instrumentos de navegação.
Até meados do século XX, os barcos foram os únicos meios de transporte usado pelos imigrantes que aqui chegaram e o naufrágio era um acidente comum na época.
Acredita-se que mais de cem barcos, navios, veleiros e pesqueiros tenham sucumbido nos costões das partes sul e leste da Ilha. Ficaram sem registros todas as embarcações de pequeno porte.

O PRIMEIRO NAUFRÁGIO DOCUMENTADO:
O Primeiro naufrágio registrado foi o do navio inglês Dart, vela-vapor, pertencente à Mala Real Inglesa. Em 1894 este navio encalhou nas pedras da Itaboca devido à cerração, depois de somente dois anos após sua construção. Neste naufrágio, numa profundidade entre 5 e 20 metros, são realizados mergulhos e pode-se encontrar garrafas de vinho, pratos de porcelana e talheres de prata.

  • 01
  • Vapor_Príncipe_de_Asturias_en_pruebas_de_mar

O NAUFRÁGIO MAIS ANTIGO:
E o antigo naufrágio de Ilhabela foi localizado em 2011 na Praia de Castelhanos pela arqueóloga Cintia Bendazzoli, que coordena o Projeto de Gestão e Diagnóstico do Patrimônio Arqueológico de Ilhabela.
A nau somente pôde ser localizada após um intenso período de chuvas no feriado de Páscoa, que desenterrou das areias da praia a carcaça da embarcação. Construída com Pinho de Riga, madeira originária da Eurásia, o barco tem grande quantidade de cavilhas e arremate com cravos de ferro.

As pesquisas realizadas na nau apontam que esta é possivelmente originária do norte da Europa (Holanda, Inglaterra) e a datação feita em um laboratório em Miami, EUA, apontou ser a mais antiga embarcação já encontrada naquele litoral, datada de 1840 (170 ± 30 A.P)

AYMORÉ

  • Nacionalidade: Brasil
  • Tipo: Cargueiro
  • Data: 1920
  • Carga: Cartuchos de Munição
  • Causa: Tempestade
  • Distância da costa: 30 m
  • Profundidade: 5 m a 09 m
  • Coordenadas: 23° 51’ 35.58” S / 45° 25’ 51.24” O
  • Visibilidade de Mergulho: Média
  • Nível de dificuldade para mergulhadores: Baixo

ROSS

  • Nacionalidade: Brasil
  • Tipo: Veleiro de Três Mastros
  • Data: 1942
  • Carga: Farinha de Trigo
  • Causa: Tempestade
  • Distância da costa: 2,4 Km
  • Profundidade: 40 m
  • Visibilidade de Mergulho: Ótima
  • Nível de dificuldade para mergulhadores: Médio – Alto

VELÁSQUEZ

  • Nacionalidade: Inglaterra
  • Tipo: Transatlântico a Vapor
  • Data: 1908
  • Carga: Café e Malas Postais
  • Causa: Colisão com a costa
  • Distância da costa: 50 m
  • Profundidade: 06 e 22 m
  • Coordenadas: 23° 53’ 48.60” S / 45°27’ 40.74” O
  • Visibilidade de Mergulho: Média - Boa
  • Nível de dificuldade para mergulhadores: Baixo

CREST

  • Nacionalidade: Inglaterra
  • Tipo: Cargueiro a Vapor
  • Data: 1982
  • Carga: Café e Sacarias
  • Causa: Tempestade
  • Distância da costa: 30 m
  • Profundidade: 09 e 17 m
  • Coordenadas: 23° 54’ 42.60” S / 45°25’ 46.52” O
  • Visibilidade de Mergulho: Média a Boa
  • Nível de dificuldade para mergulhadores: Baixo

DART

  • Nacionalidade: Inglaterra
  • Tipo: Cargueiro Misto (vapor e velas)
  • Data: 1884
  • Carga: café
  • Causa: Erro de Navegação
  • Distância da costa: 40 m
  • Profundidade: 5 m a 17 m
  • Coordenadas: : 23° 55’ 00.96” S / 45° 27’ 23.70” O
  • Visibilidade de Mergulho: Média a Boa
  • Nível de dificuldade para mergulhadores: Baixo

FRANCE

  • Nacionalidade: Inglaterra
  • Tipo: Paquete Misto
  • Data: 1906
  • Carga: Desconhecida
  • Causa: Tempestade
  • Distância da costa: 200 m
  • Profundidade: 40 e 60 m m
  • Coordenadas: 23° 53’ 42.60” S / 45°28’ 41.52” O
  • Visibilidade de Mergulho: Ruim
  • Nível de dificuldade para mergulhadores: Alto

HATHOR

  • Nacionalidade: Inglaterra
  • Tipo: Cargueiro a Vapor
  • Data: 1909
  • Carga: Café e Sacarias
  • Causa: Tempestade
  • Distância da costa: 40 m
  • Profundidade: 08 e 19 m
  • Coordenadas: 23° 55’ 32.37” S / 45° 26’ 57.16” O
  • Visibilidade de Mergulho: Ruim
  • Nível de dificuldade para mergulhadores: Médio

PRÍNCIPE DE ASTÚRIAS

  • Nacionalidade: Inglaterra
  • Tipo: Transatlântico de Luxo
  • Data: 1916
  • Carga: Navio de Passageiros
  • Causa: Colisão com a costa
  • Distância da costa: 100 m
  • Profundidade: 18 e 45 m
  • Coordenadas: 23° 56’ 43.20” S / 45° 13’ 39.60” O
  • Visibilidade de Mergulho: Ruim
  • Nível de dificuldade para mergulhadores: Alto

SÃO JANECO

  • Nacionalidade: Inglaterra
  • Tipo: Cargueiro
  • Data: 1920
  • Carga: Desconhecida
  • Causa: Colisão com a costa
  • Distância da costa: 20 m
  • Profundidade: 05 e 12 m
  • Coordenadas: 23° 54’ 44.16” S / 45° 27’ 38.76” O
  • Visibilidade de Mergulho: Média
  • Nível de dificuldade para mergulhadores: Baixo

THEREZINA

  • Nacionalidade: Brasil
  • Tipo: Cargueiro
  • Data: 1919
  • Carga: Café e Sacarias
  • Causa: Colisão com a costa
  • Distância da costa: 100 m
  • Profundidade: 08 e 17 m
  • Coordenadas: 23° 54’ 16.26” S / 45° 27’ 34.32” O
  • Visibilidade de Mergulho: Média - Boa
  • Nível de dificuldade para mergulhadores: Médio

CONCAR

  • Nacionalidade: Espanha
  • Tipo: Cargueiro
  • Data: 1959
  • Carga: Café e Sacarias
  • Causa: Colisão com a costa
  • Distância da costa: 200 m
  • Profundidade: 10 e 20 m
  • Coordenadas: 23° 54’ 50.20” S / 45° 14’ 13.04” O
  • Visibilidade de Mergulho: Média
  • Nível de dificuldade para mergulhadores: Médio
Fechar